As melhores atrações

Padrao Descobrimentos - Discovery Monument

Inglês English Portuguese Portuguese Espanhol Spanish

O Monumento aos Descobrimentos (Padrao dos Descobrimentos) era uma honra inerente a Henrique, o Navegador, que foi fundamental na realização das descobertas portuguesas em meados do século XV, período agora conhecido como Era dos Descobrimentos.
1

A Era dos Descobrimentos começou em 1415 com a captura da cidade norte-africana de Ceuta pelos portugueses e chegou ao topo na virada do século XVI, quando Vasco da Gama encontrou um percurso mais curto para a Índia e Pedro Álvares Cabral encontrou o Brasil. A formação de postos e estados de intercâmbio nos novos cursos de intercâmbio levou a um domínio português que se espalhou por três continentes, trazendo riquezas para Portugal e Lisboa especificamente.

O Monumento aos Descobrimentos foi inicialmente fabricado para a Exposição Mundial 1940. Elogiou as realizações dos peregrinos em meio à Era dos Descobrimentos e à produção do reino de Portugal. Henrique, o Navegador, no Monumento aos Descobrimentos, em Lisboa, Portugal

O marco foi fabricado apenas como uma estrutura provisória e foi destruído vários anos após a conclusão da apresentação.

O marco que vemos hoje é uma imitação precisa do primeiro. Era inerente à 1960 no evento da décima segunda comemoração da morte de Henrique, o Navegador. Henrique, o Navegador, foi o principal impulsionador da investigação no exterior e financiou uma grande parte dos empreendimentos.

O marco de cinquenta metros (171ft) de altura, moldado como a frente de um navio, permanece na marina de Belém, o estágio inicial de um considerável número de peregrinos de Portugal. Este é o local em que o 1497 Vasco da Gama partiu em sua viagem para a Índia e no Monument to the Discoveries, visto da hidrovia do Tejo 1493, uma tempestade obrigou Cristóvão Colombo a se agarrar aqui, de um jeito ou de outro, até a Espanha após sua revelação das Américas.

O marco indica mais de trinta estátuas de indivíduos que assumiram uma parte essencial nas divulgações. Dirigindo o caminho está Henrique, o Navegador, que permanece demonstrado na proa segurando o modelo de uma caravela. Atrás dele estão o rei Afonso V - que apoiou a investigação e colonização da África - e os viajantes Vasco da Gama (que descobriram um curso direto para a Índia), Pedro Álvares Cabral (pioneiro do Brasil) e Ferdinand Magellan (o primeiro viajante a circunavegar o mundo). Eles são seguidos por pilotos, jornalistas, ministros, matemático, cartógrafo e figuras diferentes do período das divulgações.

Ao pé do Monumento às Descobertas, há uma rosa dos ventos de mármore monstruosa implantada no asfalto. Um guia do mundo no interior da rosa dos ventos descreve as investigações portuguesas. O guia demonstra as datas mais imperativas no cenário histórico das divulgações e os barcos marcam as áreas em que os pioneiros portugueses pisam pela primeira vez em terra.

Os hóspedes podem entrar no ponto de referência, que contém um centro histórico, exibir lobbies e salas diferentes espalhadas por mais de sete andares. Um elevador avisa o teto, que oferece exibições incríveis sobre Belém e o rio Tejo

Gonzalo
Últimas mensagens de Gonzalo (ver todos)
Traduzir esta página: [GTranslate]
Click to comment

Você deve estar logado para postar um comentário Login

Deixe um comentário

mais Popular



-


-

para o início
PEDIDO DE CONTATO (Sara - Porto)

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

Sua mensagem

X
REQUISIÇÃO DE CONTATO

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

Sua mensagem

X